Produzido pelos The Neptunes de Pharrell Williams e Chad Hugo, “Wanderland” foi o segundo álbum da nova-iorquina e nunca chegou a ser editado nos EUA, tendo, agora, aterrado nas plataformas de streaming pela primeira vez. O disco foi lançado em Outubro de 2001 na Europa e no Japão, mas depois de divergências com a Virgin Records, Kelis acabaria por se desvincular da editora por achar que não tinham entendido o álbum, fazendo com que “Wanderland” não atravessasse o oceano.

A artista foi apanhada de surpresa, uma vez que, conforme referiu em declarações à Fader, já não estava à espera que acontecesse, mas confirmou que estava bastante satisfeita com o facto do álbum ter sido disponibilizado 18 anos depois da sua edição inicial.


Kelis estreou-se nos álbuns com apenas 20 anos, e há precisamente duas décadas, ano em que lançou “Kaleidoscope”, que também contou com a produção integral dos The Neptunes e de onde saíram os singles que a catapultaram para o estrelato, “Caught Out There” e “Good Stuff”. O seu mais recente álbum, “Food”, foi editado em 2014 pela Ninja Tune.

Rute Correia