Os pertences de Keith Flint vão ser leiloados já no próximo mês. As receitas do leilão servirão para cobrir a avultada dívida que deixou. Segundo o jornal britânico The Sun, o músico terá deixado mais de £7 milhões de libras em dívidas e impostos por pagar. Entre os mais de 170 lotes que vão poder ser arrematados, estão vários itens pessoais e uma vasta colecção de artigos relativos à sua carreira musical e a outras paixões, como o motociclismo.

Prémios recebidos ao longo dos anos, discos comemorativos relativos aos feitos musicais dos The Prodigy à volta do mundo, bem como gravações de arquivo, fitas de estúdio e várias peças de arte desenvolvidas para projectos a solo são alguns dos artigos mencionados no texto de apresentação da leiloeira. Há, também, mobília personalizada, roupas, joalharia e até o emblemático piercing de septo nasal que marcou a imagem de Flint por várias décadas. 

Keith Flint, uma das figuras mais proeminentes da banda The Prodigy, morreu a 4 de Março, com apenas 49 anos. Apesar das notícias iniciais que indicavam o suicídio, um inquérito conduzido por médicos legistas revelado em Maio declarou que não havia provas para concluir que seria esse o caso – as altas doses de álcool e estupefacientes encontradas durante a autópsia deixam em aberto a intenção do músico.

O leilão decorrerá a 7 de Novembro, pelas 18h, na casa Cheffins, em Cambridge, em Inglaterra.

Rute Correia