Cerca de 60 obras de arte feminista vão estar em exibição na mostra, que conta a sua terceira edição anual.

A exposição Nasty Women está de regresso para a sua 3ª edição e arranca hoje, no Dia Internacional da Mulher. Este ano, muda-se para a Galeria Monumental, no Campo Mártires da Pátria, e tenta responder à pergunta “O Que é o Privilégio?”. A Oxigénio esteve à conversa com a organizadora da iniciativa, Inês Mourão, que nos explicou que as respostas que foram recolhendo ilustram perspectivas bastante distintas e que variam sobretudo consoante os contextos culturais.

Inês Mourão em entrevista à Oxigénio, sobre a Nasty Women Portugal 2019, no Cliques e Beats

Ancorada no feminismo e numa perspetiva interseccional, a exposição Nasty Women Portugal está patente até domingo, 10 de março. As peças artísticas estarão disponíveis para venda e todas as receitas reverterão para o projeto “É Uma Vida” da Associação Crescer.

Hoje, a performance das rappers Lady R, May, Evolet, Sitah Faya, Muleca XIII e Gy.Psi acontece a partir das 20h30 e a festa desce mais tarde até ao Copenhaga, onde os visitantes da exposição terão direito a entrada gratuita até à 1h da manhã, com sets de Blondie e Progressivu. Mais informações, na página do evento.

Rute Correia