O Spotify comprou dois gigantes do universo dos podcasts. Sem revelar a quantia desembolsada, o CEO plataforma de streaming, Daniel Ek, anunciou a aquisição da Gimlet e da Anchor e afirmou acreditar que a indústria do áudio é tão valiosa quanto a do vídeo. Apesar de não haver valores oficiais avançados, o diário britânico The Guardian refere que a Gimlet terá sido adquirida por 230 milhões de dólares. A Gimlet é uma produtora com um vasto catálogo, onde se insere, por exemplo, o podcast “Homecoming”, adaptado para o pequeno ecrã numa série protagonizada por Julia Roberts. Já o serviço Anchor distingue-se como uma plataforma gratuita para gravação, alojamento e partilha de áudio.

Esta movimentação é mais um passo na estratégia da empresa sueca, que tem vindo a apostar nos podcasts enquanto produto para consumo na sua plataforma. Segundo Daniel Ek, é expectável que ao longo do tempo a audição de conteúdo não-musical alcance os 20% de todos os conteúdos consumidos através do Spotify. Apesar de relativamente pequeno, o mercado dos podcasts está em rápida expansão, o que justifica os cerca de 500 milhões de dólares que o Spotify pretende gastar em futuras aquisições neste mercado. Na visão de Ek, este crescimento poderá ser acelerado graças à adição de conteúdo original.

A notícia da aquisição chegou no mesmo dia em que o Spotify revelou, pela primeira vez, lucros trimestrais positivos. No último quarto de 2018, o lucro operacional da sueca foi de 94 milhões de euros. Apesar do valor elevado, o Spotify mantém-se com lucros proporcionalmente baixos, já que as receitas de mais de mil milhões e meio de dólares revertem sobretudo para os grandes grupos editoriais. Assim, apesar do aumento de subscritores pagos, a empresa admite que em 2019 os resultados possam voltar ao vermelho.

Rute Correia

Fonte: Spotify